BRAIP ads_banner

ONU pede R$ 14,6 bilhões para ajuda na Faixa de Gaza e na Cisjordânia

CasaNotícias

ONU pede R$ 14,6 bilhões para ajuda na Faixa de Gaza e na Cisjordânia

Alemanha prende duas pessoas por suspeita de sabotarem ajuda à Ucrânia
Rússia diz que ajuda à Ucrânia eleva risco de confronto entre potências nucleares
Após sobreviver a ataque aéreo, menino palestino morre em busca de ajuda

A ONU fez um apelo nesta quarta-feira (14) por US$ 2,8 bilhões (R$ 14,6 bilhões) em fundos para auxiliar mais de três milhões de pessoas na Faixa de Gaza e na Cisjordânia até o fim do ano, aliviando da escassez de comida e evitando a fome iminente em Gaza.

Uma declaração publicada pelo Gabinete da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) disse que o valor era necessário para ajudar 3,1 milhões de pessoas, “reduzir o sofrimento humano e evitar mais perdas de vidas”.

Grande parte dos fundos, US$ 782,1 milhões (R$ 4,09 bilhões), será destinada a auxílio alimentício para 2,2 milhões de pessoas em Gaza e 400 mil pessoas na Cisjordânia, disse o apelo.

Mais de seis meses de guerra criaram escassez crítica de comida entre os palestinos de Gaza que, em algumas áreas, agora excede os níveis de fome, segundo a ONU.

Uma autoridade sênior de auxílio humanitário da ONU afirmou na terça-feira (16) que o órgão enfrenta dificuldades para impedir a fome no território palestino e, embora tenha havido melhoras na coordenação com Israel, entregas de auxílio ainda encaram obstáculos no enclave.

Israel tenta eliminar o Hamas em Gaza após o ataque de 7 de outubro do grupo armado em Israel, em que 1.200 pessoas morreram e mais de 250 foram levadas como reféns, segundo contagens israelenses.

As autoridades de saúde de Gaza disseram que Israel matou mais de 33 mil pessoas em sua ofensiva desde então.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner