BRAIP ads_banner

Relembre vencedores de cada edição do BBB

CasaNotícias

Relembre vencedores de cada edição do BBB

BBB 24: mãe diz que não queria que Matteus tivesse affairs no reality
Veja as reações dos outros participantes após Davi ganhar o BBB 24
Davi, Isabelle e Matteus: para quais times torcem os finalistas do BBB 24?

O prêmio milionário do Big Brother Brasil já foi conquistado por 23 pessoas desde a criação do reality show, em 2002. Relembre abaixo os vencedores de cada edição do programa.

A final do BBB 24 será disputada na próxima terça-feira (16) entre três dos quatro atuais participantes: Alane Dias, Davi Brito, Isabelle Nogueira e Matteus Amaral.

Clique aqui e vote na enquete da CNN para apontar quem merece chegar na final.

Criado em 2002, o BBB já teve 24 edições, tendo sido duas delas no primeiro ano.

Passaram pela “casa mais vigiada do país” (como dizem os interlocutores da atração) diversas personalidades, celebridades, pessoas anônimas, mas só um em cada edição se tornou milionário.

BBB 1 – Kleber Bambam

Primeiro vencedor do reality show, Bambam fez sucesso após criar uma boneca com um cabo de vassoura e criar uma relação de carinho com ela no programa.

Ele chegou a dar um nome para a boneca: Maria Eugênia.

 

BBB 2 – Rodrigo Cowboy

O vencedor da segunda edição do BBB foi o primeiro cowboy a passar pelo reality show.

 

BBB 3 – Dhomini Ferreira

O vencedor da terceira edição foi o goiano Dhomini Ferreira, que teve um relacionamento com a apresentadora e influenciadora Sabrina Sato durante o reality show.

 

BBB 4 – Cida dos Santos

A ex-babá Cida só disputou um único Paredão no BBB 24 e se tornou a primeira mulher a vencer o reality show.

 

BBB 5 – Jean Wyllys

Já Jean Wyllys foi a primeira pessoa abertamente da comunidade LGBTQIAP+ a vencer o BBB.

Naquela edição do reality show, também se destacaram Grazi Massafera, Tati Pink e Sammy, que eram aliados de Jean.

 

BBB 6 – Mara Viana

Mara foi a “mãezona” da edição seis do Big Brother Brasil, conquistando todos os participantes e o público.

BBB 7- Diego Alemão

O vencedor do BBB 7 se destacou após formar um triângulo amoroso com Fani e Íris Stefanelli, a Siri.

BBB 8 – Rafinha

O então jovem Rafinha se destacou para o público ao criar a “rádio Pinel” com os amigos Alexandre e Marcão durante o programa. A ideia era apresentar um programa de humor.

BBB 9 – Max Porto

Max formou um casal no BBB 9 com Francine Piaia e conquistou o público com um jeito brincalhão.

Naquela edição, a casa do reality show foi dividida por um muro. De um lado ficava o lado A e do outro, o lado B. Max fez parte do lado B.

Ele também deixou uma marca no público pelo seu olhar com a sobrancelha levantada e por suas tatuagens antagonistas nos braços.

BBB 10 – Marcelo Dourado

Dourado já havia participado do BBB 4, que teve Cida como vencedora. Ao voltar ao programa, mudou sua imagem e se destacou para o público.

O BBB 10 foi marcado pela participação de Dicesar, Serginho e Angélica Morango, que formaram o grupo colorido, representando a comunidade LGBTQIAP+.

Dourado antagonizou durante todo o programa com Dicesar que, por sua vez, acusou o rival de homofobia. Após sair do reality show, Dourado pediu desculpas a Dicesar por suas falas e ações.

BBB 11 – Maria Melilo

Maria foi a protagonista de todo o BBB 11 por se mostrar uma mulher empoderada e, depois, viver profundamente seus relacionamentos.

Ela teve um relacionamento com Mau Mau e outro com Wesley. Além disso, criou alianças fortes com Talula, Jaqueline e o pernambucano Daniel Rolim.

Todas as vezes que ela demorava a entender alguma dinâmica do BBB, o termo “mariou” era usado, divertindo o público.

BBB 12 – Fael

Fael criou alianças fortes no grupo do qual fez parte e viveu um relacionamento com uma espanhola intercambista que participou da edição.

BBB 13 – Fernanda Keulla

Fernanda apertou um botão em um totem no jardim da casa do reality show numa dinâmica intitulada “Correndo contra o tempo”. Sem saber, ela garantiu a imunidade.

Construiu fortes alianças no jogo e um relacionamento com André Martinelli a quem apelidou de “príncipe”.

BBB 14 – Vanessa Mesquita

A campeã do BBB 14 formou um casal com Clara Aguilar, o primeiro casal LGBTQIAP+ do reality show.

BBB 15 – Cézar Lima

Com jeito caipira e vocabulário próprio, chamou a atenção do público por “fazer amizade” com uma estátua que chamava de Fidêncio.

Ele ficou mais de um mês no “Tá com Nada” durante a edição.

BBB 16 – Munik Nunes

Se tornou a vencedora mais jovem da história do programa, com apenas 19 anos.

Formou um grupo com Dona Geralda, Ronan e Ana Paula Renault, outras duas participantes que marcaram a edição 16 do BBB.

BBB 17 – Emilly Araújo

Entrou com a irmã gêmea no reality show, quem enfrentou no primeiro Paredão e venceu.

BBB 18 – Gleice Damasceno

Ficou marcada na história com a frase de novela “Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta”, dita após a volta de um Paredão falso.

O BBB 18 foi marcado também pela participação de Ana Clara (hoje apresentadora da TV Globo) e o pai dela.

Gleice teve um relacionamento com Wagner Santiago e uma forte amizade com Ana Clara.

 

BBB 19 – Paula Von Sperling

Firmou uma amizade com Hariany Almeida, venceu três provas de resistência, e se tornou a campeã da edição.

BBB 20 – Thelma

A primeira edição do BBB a ter o grupo Camarote, formado por celebridades.

Thelminha fez uma forte aliança com Manu Gavassi e Rafa Kalimann, dividindo a final com as duas.

BBB 21 – Juliette

Maior fenômeno do Big Brother Brasil, Juliette ganhou R$1,5 milhão ao se tornar campeã do BBB 21 com 90,15% dos votos.

Foi perseguida por outros participantes e excluída das rotinas da casa e dos grupos, mas encontrou em Gil do Vigor e Sara seus primeiros aliados (o trio era favorito do público para a final, mas se desfez antes de chegar lá).

Juliette conquistou quase mais de 30 milhões de seguidores nas redes sociais (contando com o que conquistou também após o programa).

BBB 22 – Arthur Aguiar

Foi o primeiro participante do grupo Camarote a ganhar o programa.

Construiu amizade e aliança com Paulo André, Douglas Silva e Pedro Scooby (todos camarotes).

BBB 23 – Amanda Meirelles

Vencedora do BBB 23 foi se destacando em uma edição morna do programa por sua espontaneidade e danças desajeitadas.



Fonte: Externa

BRAIP ads_banner