BRAIP ads_banner

Polícia prende seis e busca outros três ligados ao maior roubo de ouro do Canadá

CasaNotícias

Polícia prende seis e busca outros três ligados ao maior roubo de ouro do Canadá

Líder do Hamas diz que ainda busca acordo de reféns mesmo após morte de filhos
Em busca de treinador, São Paulo tem sequência de jogos como visitante
Botafogo inicia série de jogos no Rio, contra o Atlético-GO, em busca de ajustes

Autoridades canadenses e norte-americanas disseram na quarta-feira (17) que seis pessoas foram presas e mais três estão sendo procuradas em conexão com o que chamaram de o maior roubo de ouro da história canadense: uma carga de mais de US$ 16 milhões, equivalente a R$ 84 milhões, em ouro e moeda.

Os suspeitos, incluindo dois funcionários da Air Canada, forjaram uma conta de transporte aéreo para roubar uma carga que chegava da Suíça com 6.600 barras de ouro pesando 400 kg e mais US$ 1,8 milhão, cerca de R$ 9,5 milhões, em moeda estrangeira, disseram as autoridades policiais.

Falando exatamente um ano após o roubo, que ocorreu em uma instalação de carga da Air Canada no Aeroporto Internacional Toronto Pearson, a polícia regional de Peel, em uma coletiva de imprensa, nomeou os nove suspeitos e detalhou as 19 acusações que enfrentam.

Cinco suspeitos foram presos no Canadá e libertados sob fiança até o julgamento.

Um suspeito, originalmente de Brampton, Ontário, foi preso na Pensilvânia, nos Estados Unidos, junto com armas de fogo e permanece sob custódia das autoridades americanas.

Mandados de prisão em todo o Canadá foram emitidos para os três suspeitos restantes, disse a polícia.

A Air Canada disse que suspendeu um funcionário da divisão de carga acusado do roubo, enquanto o outro, que trabalhava no mesmo departamento no momento do roubo, deixou a companhia aérea antes que as acusações fossem anunciadas.

Investigadores da polícia regional de Peel, trabalhando com o Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos dos EUA, recuperaram um quilo de ouro e cerca de US$316 mil.

A polícia também recuperou cerca de 65 armas de fogo que os investigadores alegam terem sido compradas com o produto do roubo.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner