BRAIP ads_banner

PF prende ex-deputado por “violência política” contra adversária no PA

CasaNotícias

PF prende ex-deputado por “violência política” contra adversária no PA

Haddad diz que a proposta para tributar super-ricos está avançando
Veja os melhores looks de Zendaya na divulgação de “Rivais”
Michael Douglas pediu por “morte memorável“ de personagem da Marvel

Continua após publicidade

Assim que o avião em que Wladimir Costa viajava pousou no Aeroporto Internacional de Belém, a Polícia Federal prendeu o ex-deputado, que cumpriu quatro mandatos pelo Pará e chegou a ser eleito líder da bancada do Solidariedade na Câmara.

Costa cometeu “violência política” contra a deputada Renilce Nicodemos (MDB-PA), de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral.

Durante o governo de Michel Temer, o ex-parlamentar ficou conhecido por ter feito uma tatuagem no ombro com o sobrenome do então presidente abaixo de uma bandeira do Brasil.

Além da prisão preventiva pela “prática reiterada” de crimes eleitorais, o TRE ordenou que Costa apagasse publicações ofensivas à Renilce. No ano passado, Wladimir já havia sido condenado por atacar Glória Pires e Wagner Moura nas redes sociais.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner