BRAIP ads_banner

O time “de segunda divisão” de Lula

CasaNotícias

O time “de segunda divisão” de Lula

Israel tem mais poder militar do que o Irã? Confira a comparação de cada força entre os dois países do Oriente Médio
No Morumbi, piscinões contra enchentes são alvo de queixas de moradores e especialistas
Enfermeira é condenada à prisão perpétua por matar pacientes com insulina nos EUA

Continua após publicidade

Na conversa que teve com ministros do STF, nesta semana, Lula foi cobrado a mudar os líderes do governo e a articulação política no Legislativo.

É que os magistrados avaliam que o Planalto tem perdido batalhas ou mesmo evitado defender temas no Parlamento por receio de derrotas e por oportunismo eleitoral. Como o governo não mergulha nos assuntos — como a PEC das drogas, aprovada para afrontar o Supremo, por exemplo, ou as decisões sobre o caso Marielle — delicados, acaba sobrando para o STF.

Os partidos judicializam a questão, obrigam os ministros a abordarem questões que dividem o Legislativo, e o Supremo vira vidraça. Na avaliação de magistrados, feita a Lula na casa de Gilmar Mendes, se a articulação política fosse melhor, isso seria amenizado.

“O senhor está numa Champions League, mas o time é de segunda divisão”, disse um ministro.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner