BRAIP ads_banner

Flávio Bolsonaro diz que Lula deveria ‘dormir em embaixada ou quartel’ para economizar; veja vídeo

CasaNotícias

Flávio Bolsonaro diz que Lula deveria ‘dormir em embaixada ou quartel’ para economizar; veja vídeo

Zubeldía fala em resgatar o São Paulo: ‘Objetivos são os mais altos’
Comida japonesa e bebidas especiais em evento na Japan House
Litigância climática: ações contra desmatadores crescem na Justiça brasileira

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) ironizou, nesta quarta-feira, 17, os gastos do governo federal com viagens e sugeriu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fosse “dormir em uma embaixada ou em um quartel militar para economizar um pouco de dinheiro público”. A declaração ocorreu durante a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do quinquênio na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Em fevereiro, o pai dele, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), se hospedou na Embaixada da Hungria durante duas noites, depois de ter seu passaporte apreendido pela Polícia Federal (PF) durante operação que apura suposta tentativa de golpe de Estado. A defesa do ex-presidente negou que a estadia dele no local se deu por busca de asilo político.

Flávio Bolsonaro em sessão na CCJ do Senado Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Segundo Flávio, se o governo se preocupasse com a meta fiscal estabelecida, “em vez de mudar a meta, quando vê que não vai atingir, faria um esforço para reduzir despesas”.

Ao manifestar o voto favorável à aprovação da PEC, o parlamentar disse que o Adicional por Tempo de Serviço (ATS) de 5% do salário das carreiras da magistratura e do Ministério Público (MP) a cada cinco anos é uma questão de “meritocracia”, já que permite que profissionais com mais tempo de carreira recebam mais pelo serviço.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner