BRAIP ads_banner

Ballet marca retorno da água aos antigos banhos de Caracalla, em Roma

CasaNotícias

Ballet marca retorno da água aos antigos banhos de Caracalla, em Roma

Giovanna fala sobre relação com MC Binn pós-BBB: “Casal foi por água abaixo“
Sobrevivente a incêndios e à enchente de 1941, Mercado de Porto Alegre espera água baixar para estimar prejuízos | Brasil
Vídeo: aviões em Dubai ficam cercados por água em enchente após chuvas recordes

O retorno da água para as antigas Termas de Caracalla, em Roma, após mais de mil anos, foi celebrado nesta sexta-feira (12) com uma performance de ballet em plataforma sobre uma piscina recém-instalada no local.

Um dos maiores complexos termais já construídos na história, a construção do local de banho foi iniciada pelo imperador Septímio Severo no ano 212 e finalizada quatro anos depois, pelo seu sucessor, Caracala. Hoje, as ruínas são uma importante atração turística, abrigam shows e um teatro.

Neste mês, autoridades locais revelaram um projeto para reintroduzir água no local, instalando uma grande e rasa piscina que reflete as imponentes paredes dos edifícios antigos.

A piscina, chamada de Specchio, ou espelho em italiano, é uma estrutura retangular de 42 por 32 metros e 10 centímetros de profundidade, desenhada pelos arquitetos Hannes Peer e Paolo Bornello.

Ela é feita para lembrar a chamada Natatio, a maior das grandes piscinas nas antigas termas romanas, normalmente localizada no centro do complexo.

“A água, um elemento que está ausente há mais de mil anos, volta de forma decisiva, porém respeitosa, às ruínas”, disse Mirella Serlorenzi, diretora do local.

A instalação, que conta com jatos de água submersos e efeitos luminosos, é parte de um projeto mais amplo das autoridades culturais de Roma para deixar as atrações antigas da cidade mais próximas de como foram originalmente concebidas.

A apresentação de abertura desta sexta-feira do Aterballetto, coreografado por Iratxe Ansa e Igor Bacovich, será a primeira de uma série de apresentações de dança, teatro e música clássica a serem realizadas em Caracalla nesta primavera e verão no hemisfério norte.

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner