BRAIP ads_banner

Estreante marca e Flamengo garante primeira vitória na Libertadores

CasaNotícias

Estreante marca e Flamengo garante primeira vitória na Libertadores

Palmeiras x Flamengo: veja prováveis escalações para jogo na Série A
Praia Clube vence Flamengo e vai à final da Superliga pela sexta vez consecutiva
Flamengo confirma desfalque de atacante contra o Palmeiras

O Flamengo venceu o Palestino por 2 a 0 nesta quarta-feira (10) pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. No Maracanã, Pedro abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo e o estreante Léo Ortiz fechou a conta aos 39 da segunda etapa.

Com isso, a equipe de Tite chegou à primeira vitória na Libertadores, depois de ter empatado na estreia em 1 a 1 contra o Millonarios. Com quatro pontos somados, o Rubro-Negro assumiu provisoriamente a liderança do Grupo E, já que o outro jogo do grupo, entre Bolívar e Millonarios, acontece nesta quinta-feira (11).

O Flamengo agora volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro estreia no próximo domingo (14), às 16h, contra o Atlético-GO. A equipe de Tite só volta a jogar pela Libertadores no dia 24 de abril, quando enfrenta o Bolívar fora de casa.

O próximo compromisso do Palestino é contra o Ñublense, no domingo (14), pela oitava rodada do Campeonato Chileno. Pela Libertadores, a equipe chilena só volta a jogar no dia 25 de abril, contra o Millonarios.

Qual é o seu time?

A enquete A Maior Torcida do Brasil realizada pela CNN Brasil e Itatiaia tem apenas caráter consultivo e não possui valor estatístico. Trata-se de um termômetro digital de engajamento digital dos clubes do país entre os torcedores.

  • ABC
  • Amazonas
  • América-MG
  • América-RN
  • Aparecidense
  • ASA-AL
  • Athletic-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Bahia
  • Botafogo
  • Botafogo-PB
  • Botafogo-SP
  • Brasil-RS
  • Brasiliense
  • Brusque
  • Campinense
  • Caxias
  • Ceará
  • Chapecoense
  • Confiança
  • Coritiba
  • Corinthians
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Cuiabá
  • Ferroviária-SP
  • Ferroviário-CE
  • Figueirense
  • Flamengo
  • Floresta
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Grêmio
  • Guarani
  • Internacional
  • Ituano
  • Joinville
  • Juventude
  • Londrina
  • Mirassol
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário-PR
  • Palmeiras
  • Paraná
  • Paysandu
  • Ponte Preta
  • Portuguesa
  • Red Bull Bragantino
  • Remo
  • Sampaio Corrêa
  • Santa Cruz
  • Santos
  • São Bernardo
  • São José
  • São Paulo
  • Sport
  • Tombense
  • Treze-PB
  • Vasco da Gama
  • Vila Nova
  • Vitória
  • Volta Redonda
  • Ypiranga

 

 

A diferença técnica entre os times ficou logo evidente. O Flamengo ocupou o campo de ataque e, dentro de seu estilo, foi criando chance atrás de chance.

Neste cenário, o time de Tite terminou o primeiro tempo com 71% de posse de bola e 13 finalizações. O que faltou foi uma maior eficiência dos rubro-negros.

Léo Ortiz, Cebolinha, Ayrton Lucas… Todos tiveram oportunidades, mas as finalizações foram para fora ou Rigamonti defendeu. O único a vencê-lo foi Pedro, aos 21.

Em rebote de chute de Ayrton Lucas, o camisa 9 mostrou a categoria habitual para dar um balão no goleiro antes de abrir o placar: 1 a 0.

Em resposta, o time chileno teve dois contra-ataques. O primeiro, aos 35, terminou em finalização de Vejar para defesa tranquila de Rossi.

Aos 40, o Palestino teve nova chance em vantagem numérica, com três chilenos contra Léo Pereira e Léo Ortiz, mas o passe para Abrigo foi forte demais.

Na volta do intervalo, o time de Pablo Sanchéz quase surpreendeu o Maracanã. As duas primeiras chances foram do Palestino. Aos oito, Abrigo finalizou contra-ataque com chute forte, e Rossi pulou para defender. No escanteio, Linares subiu sozinho para cabecear, e a bola saiu rente ao travessão do goleiro.

A postura mais agressiva dos visitantes deixou o confronto aberto. Os chilenos ameaçaram em novo escanteio, aos 15, com Rossi defendendo cabeçada de Ceza.

Poucos minutos antes, o Flamengo chegou com perigo: Luiz Araújo chutou por cima, e Arrascaeta tentou duas vezes, uma para fora e outra para defesa do goleiro.

Com o jogo franco e o time de Tite sem repetir a solidez defensiva marcante de 2024, o jogo ganhou em emoção. Aos 40, brilhou a estrela de Léo Ortiz.

Lorran, que substituiu Arrascaeta, cobrou escanteio na primeira trave e o zagueiro, que fez sua estreia, desviou para ampliar o placar e garantir a vitória: 2 a 0!

Flamengo

Rossi; Varela (Viña), Léo Ortiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, De La Cruz (Allan) e Arrascaeta (Lorran); Everton Cebolinha (Victor Hugo), Luiz Araújo (Bruno Henrique) e Pedro – Técnico: Tite.

Palestino

Rigamonti; Benjamin Rojas, Ceza, Cristian Suárez e Zuñiga; Linares, Dávila e Véjar (Palacio); Abrigo (Chamorro), Benítez (Carrasco) e Gonzalo Sosa (Marabel) – Técnico: Pablo Sanchéz.

Gols: Pedro (21’/1ºT) e Léo Ortiz (40’/2ºT)
Cartão amarelo: Erick Pulgar e De La Cruz (FLA); Linares, Benjamin Rojas, Ceza, Cornejo (PAL)
Cartão vermelho: Não houve.
Renda e público: R$ 2.127.950,25 / 55.417 pagantes / 58.597 presentes

Motivo: Segunda rodada do Grupo E da Libertadores
Data e hora: 10 de abril de 2024, às 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Sebastian Raineri (ARG)
VAR: German Delfino (ARG)

Fonte: Externa

BRAIP ads_banner